Tratamentos e Cirurgias

Tratamentos e Cirurgias do Ombro

Clique no item para saber mais:

Artrose no ombro
Também conhecida como osteoartrite, a artrose no ombro consiste em uma degeneração progressiva que ocorre na cartilagem entre o úmero e a omoplata, causando dor e dificuldade na realização de movimentos.
Capsulite adesiva
Popularmente conhecida como “ombro congelado”, a capsulite adesiva é caracterizada pela limitação dos movimentos e intensa dor no ombro. Ela normalmente acomete pessoas acima dos 55 anos, sendo mais comum em mulheres.
Lesões no manguito rotador
O Manguito rotador consiste em um grupo de quatro tendões que envolvem a articulação do ombro e que auxiliam na estabilização, na força e mobilidade do ombro. Por não ser tão forte quanto os ossos e nem tão elástico quanto os músculos, em caso de trauma ou sobrecarga os tendões são mais vulneráveis a sofrerem algum tipo de lesão.
Luxação de ombro
A luxação do Ombro consiste no deslocamento entre a cabeça do úmero da glenóide, o que pode causar lesões dos tecidos, gerando bastante dor no paciente. Dependendo da direção em que o úmero se desloca, a luxação pode ser classificada em: anterior, quando o osso vai para frente ou posterior, quando o úmero vai para trás.
Tendinite do ombro
A tendinite do Ombro consiste em uma inflamação que ocorre nos tendões presentes nessa região, o que causa bastante dor na área próxima a articulação, principalmente após a prática de movimentos repetidos, exercícios físicos ou carregamento de peso.

Tratamentos e Cirurgias do Ombro

 

Clique no item para saber mais:

Artrose no ombro
Também conhecida como osteoartrite, a artrose no ombro consiste em uma degeneração progressiva que ocorre na cartilagem entre o úmero e a omoplata, causando dor e dificuldade na realização de movimentos.
Capsulite adesiva
Popularmente conhecida como “ombro congelado”, a capsulite adesiva é caracterizada pela limitação dos movimentos e intensa dor no ombro. Ela normalmente acomete pessoas acima dos 55 anos, sendo mais comum em mulheres.
Lesões no manguito rotador
O Manguito rotador consiste em um grupo de quatro tendões que envolvem a articulação do ombro e que auxiliam na estabilização, na força e mobilidade do ombro. Por não ser tão forte quanto os ossos e nem tão elástico quanto os músculos, em caso de trauma ou sobrecarga os tendões são mais vulneráveis a sofrerem algum tipo de lesão.
Luxação de ombro
A luxação do Ombro consiste no deslocamento entre a cabeça do úmero da glenóide, o que pode causar lesões dos tecidos, gerando bastante dor no paciente. Dependendo da direção em que o úmero se desloca, a luxação pode ser classificada em: anterior, quando o osso vai para frente ou posterior, quando o úmero vai para trás.
Tendinite do ombro
A tendinite do Ombro consiste em uma inflamação que ocorre nos tendões presentes nessa região, o que causa bastante dor na área próxima a articulação, principalmente após a prática de movimentos repetidos, exercícios físicos ou carregamento de peso.

Tratamentos e Cirurgias do Cotovelo

Clique no item para saber mais:

Artrose no cotovelo
A Artrose do cotovelo ou osteoartrose do cotovelo, ocorre quando a cartilagem do cotovelo se danifica ou se desgasta devido a alguma lesão que aconteceu anteriormente, como luxação ou fratura na região.
Epicondilite lateral
Também conhecido como “cotovelo do tenista”, a epicondilite lateral consiste em uma inflamação dos tendões do cotovelo, geralmente por movimentos repetitivos com punhos e dedos.
Fratura da cabeça do rádio
A Cabeça do radio consiste na parte superior da extremidade desse osso, que junto dos ossos úmero e ulna, formam a articulação do cotovelo. A fratura da cabeça do rádio é um problema bastante comum no cotovelo e geralmente é causado por algum trauma direto no cotovelo ou algum tipo de queda com a mão espalmada.
Luxação do cotovelo
A luxação do cotovelo consiste na perda do contato articular entre o braço e o antebraço. Por ser uma articulação extremamente estável, a luxação no cotovelo geralmente só ocorre em casos de traumas graves, como por exemplo, quando o paciente cai com o cotovelo esticado e apoiada no chão.

Tratamentos e Cirurgias do Cotovelo

 

Clique no item para saber mais:

Artrose no cotovelo
A Artrose do cotovelo ou osteoartrose do cotovelo, ocorre quando a cartilagem do cotovelo se danifica ou se desgasta devido a alguma lesão que aconteceu anteriormente, como luxação ou fratura na região.
Epicondilite lateral
Também conhecido como “cotovelo do tenista”, a epicondilite lateral consiste em uma inflamação dos tendões do cotovelo, geralmente por movimentos repetitivos com punhos e dedos.
Fratura da cabeça do rádio
A Cabeça do radio consiste na parte superior da extremidade desse osso, que junto dos ossos úmero e ulna, formam a articulação do cotovelo. A fratura da cabeça do rádio é um problema bastante comum no cotovelo e geralmente é causado por algum trauma direto no cotovelo ou algum tipo de queda com a mão espalmada.
Luxação do cotovelo
A luxação do cotovelo consiste na perda do contato articular entre o braço e o antebraço. Por ser uma articulação extremamente estável, a luxação no cotovelo geralmente só ocorre em casos de traumas graves, como por exemplo, quando o paciente cai com o cotovelo esticado e apoiada no chão.

Fraturas

Clique no item para saber mais:

Fratura do tornozelo
As fraturas do tornozelo são muito comuns e ocorrem geralmente após uma torção. Dependendo da direção dessa torção ocorrem padrões de fratura que já são conhecidos. Após uma torção de tornozelo ocorre um inchaço e dor na articulação que impede a pessoa de apoiar o pé no chão. Neste momento o ideal é procurar atendimento e não andar, sob risco de aumentar a gravidade da fratura.
Fratura do rádio distal (punho)
As fraturas do rádio distal ocorrem após uma queda com apoio da mão e ocorrem com muita frequência em pessoas da terceira idade, já que nesta faixa ocorre uma redução da densidade óssea.
Fratura do olécrano (cotovelo)
O olécrano é uma estrutura óssea que compõe a ulna que é um dos ossos do antebraço e se articula com o úmero no cotovelo. As fraturas do olécrano ocorrem após uma queda com apoio da mão e uma força de tração da musculatura do tríceps . Podem ocorrer por um trauma direto na região do cotovelo também. Apresentam-se com dor, impossibilidade de esticar o cotovelo, deformidade local e edema local. Importante excluir lesões associadas na pele, lesões de nervo e outras lesões no membro superior acometido.
Fraturas do fêmur
As fraturas do fêmur ocorrem após quedas simples em pacientes mais idosos ou após traumas de alta energia em pacientes mais jovens. Quase a totalidade dos casos de fraturas do fêmur necessitam de tratamento cirúrgico. As fraturas da região proximal são muito comuns em pacientes idosos após quedas ao solo e devem ser tratadas com urgência para que o paciente possa voltar a andar mais rapidamente e evitar as consequências do imobilismo (ficar deitado por longos períodos).

Nos pacientes jovens a fratura ocorre frequentemente no meio do osso (região diafisária) após acidentes com grande energia de trauma ou quedas de altura , necessita de tratamento cirúrgico para que o paciente consiga retornar a deambular (andar) e realizar a reabilitação de forma antecipada.

Fraturas

 

Clique no item para saber mais:

Fratura do tornozelo
As fraturas do tornozelo são muito comuns e ocorrem geralmente após uma torção. Dependendo da direção dessa torção ocorrem padrões de fratura que já são conhecidos. Após uma torção de tornozelo ocorre um inchaço e dor na articulação que impede a pessoa de apoiar o pé no chão. Neste momento o ideal é procurar atendimento e não andar, sob risco de aumentar a gravidade da fratura.
Fratura do rádio distal (punho)
As fraturas do rádio distal ocorrem após uma queda com apoio da mão e ocorrem com muita frequência em pessoas da terceira idade, já que nesta faixa ocorre uma redução da densidade óssea.
Fratura do olécrano (cotovelo)
O olécrano é uma estrutura óssea que compõe a ulna que é um dos ossos do antebraço e se articula com o úmero no cotovelo. As fraturas do olécrano ocorrem após uma queda com apoio da mão e uma força de tração da musculatura do tríceps . Podem ocorrer por um trauma direto na região do cotovelo também. Apresentam-se com dor, impossibilidade de esticar o cotovelo, deformidade local e edema local. Importante excluir lesões associadas na pele, lesões de nervo e outras lesões no membro superior acometido.
Fraturas do fêmur
As fraturas do fêmur ocorrem após quedas simples em pacientes mais idosos ou após traumas de alta energia em pacientes mais jovens. Quase a totalidade dos casos de fraturas do fêmur necessitam de tratamento cirúrgico. As fraturas da região proximal são muito comuns em pacientes idosos após quedas ao solo e devem ser tratadas com urgência para que o paciente possa voltar a andar mais rapidamente e evitar as consequências do imobilismo (ficar deitado por longos períodos).

Nos pacientes jovens a fratura ocorre frequentemente no meio do osso (região diafisária) após acidentes com grande energia de trauma ou quedas de altura , necessita de tratamento cirúrgico para que o paciente consiga retornar a deambular (andar) e realizar a reabilitação de forma antecipada.

Outros tratamentos

O Dr. Vitor Chadud realiza alguns tratamentos focados em dores e fraturas em Ortopedia Geral, confira:

Consulte um especialista

Em casos de dores, desconfortos, traumas ou fraturas, busque um especialista.

Entre em contato e agende a sua consulta.


Agendar consulta

Vitor Chadud - Doctoralia.com.br